Pai carregando a filha no ombro | A vasectomia como planejamento familiar

A vasectomia como planejamento familiar

O planejamento familiar é feito e pensado dentro da família, de acordo com as necessidades e possibilidades dos envolvidos. Quando o casal opta por não ter filhos, ou por não aumentar ainda mais a família, o assunto engloba muito mais do que só o casal. Algumas discussões vêm à pauta central, como a vasectomia e a laqueadura. Mas apesar das duas serem consideradas opções, quando se trata de planejar a família, são distintas em tudo e devem ser entendidas até que a melhor decisão seja tomada.

A vasectomia é temida pelos homens e o motivo disso é a falta de informação. Muitos acham que o procedimento pode levar à impotência ou que haverá a diminuição da libido e até mesmo a baixa no desempenho sexual. Além dessas informações estarem erradas, a recuperação da vasectomia acontece muito rapidamente. A cirurgia é simples, é realizada com anestesia local e não precisa de internação. Na maioria das vezes, o paciente é liberado cerca de 30 minutos após o procedimento e consegue sair andando da cirurgia.

Como funciona a vasectomia?

O procedimento se baseia na interrupção do canal deferente, canal que leva os espermatozoides produzidos nos testículos até o canal uretral.. A cirurgia é feita na área do escroto, em que há um pequeno corte para realizar a técnica. O procedimento não é realizado no pênis, como muitos pensam, portanto, não há motivo para a preocupação. Além da ejaculação acontecer normalmente após a cirurgia, apenas sem a presença de espermatozoides.

O repouso é recomendado por dois a três dias depois da cirurgia, sendo indicado que o homem não faça sexo nesse período. Passados os dias de repouso, é indicado que o homem use métodos contraceptivos por no mínimo 90 dias. E, após esse período, será realizado um espermograma, exame que analisa a composição do sêmen para confirmar se o procedimento teve sucesso.

A vasectomia é muito segura, tendo um índice de falha muito baixo, e normalmente essa falha advém do não seguimento das recomendações pós-cirúrgicas. Muito diferente da laqueadura, a vasectomia não apresenta muitos efeitos colaterais, além de não interferir na saúde sexual do homem. Porém, deve-se tomar cuidado: a vasectomia não previne contra doenças sexualmente transmissíveis, sendo recomendado sempre o uso de camisinha.

A vasectomia é a melhor opção para planejar a família

Tirar da mulher a obrigação de se prevenir contra a gravidez, é poupar a saúde dela. A cirurgia de laqueadura é muito mais invasiva e a recuperação é bem mais demorada! A vasectomia é simples, segura para o homem e deve ser desmistificada.

Esse procedimento é feito por um urologista. Entender sobre o assunto e buscar a melhor solução é imprescindível. Preze sempre pela boa saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *