Tratamentos

Estética genital feminina

Redução do clitóris

A clitoromegalia ou hipertrofia do clitóris é uma anomalia na qual o clitóris em repouso, ou seja, sem qualquer estímulo sexual, tem um tamanho maior que o normal, muitas vezes tendo um aspecto semelhante ao de um pênis pequeno. A hipertrofia do clitóris ocorre devido ao aumento dos níveis de alguns hormônios (hormônios androgênicos) em qualquer fase da vida.
Pode ser congênita, quando a exposição aos hormônios ocorreram na vida intra-uterina, ou adquirida após o nascimento

As principais causas da hipertrofia do clitóris são:

  • Distúrbio do desenvolvimento sexual: são condições congênitas que envolvem um desenvolvimento atípico de sexo cromossômico, gonadal ou anatômico. Isto pode levar a uma genitália ambígua ao nascimento. Nestes casos, a clitoromegalia raramente é uma alteração isolada. A causa mais comum é a hiperplasia adrenal congênita, onde a glândula adrenal passa a produzir hormônios androgênicos de forma excessiva. O uso de hormônios durante a gestação também é uma causa que deve ser investigada.
  • Uso de anabolizantes para fins estéticos ou mesmo para o tratamento de algumas condições como a endometriose.
  • Síndrome dos ovários policísticos
  • Tumores produtores de hormônios androgênicos.
  • Um clitóris “grande” pode ainda não ter uma causa aparente e sim ser somente uma variação da normalidade de tamanho em uma mulher sem qualquer doença.

Um clitóris hipertrofiado, ou mesmo uma mulher com um clitóris acima da média, pode causar não só sofrimentos físicos, tais como desconforto e dor durante o ato sexual, mas acima de tudo emocionais. Seu aspecto semelhante a um pequeno pênis pode fazer com que a mulher sofra sérios constrangimentos durante uma relação sexual fazendo com que a mesma perca o interesse por sexo.

Não existem tratamentos medicamentosos para a redução do clitóris. Uma vez hipertrofiado, a única forma de adequá-lo é através de uma cirurgia chamada de clitoroplastia redutora.

Trata-se de um procedimento cirúrgico para redução do clitóris, no qual o clitóris é desmembrado, fazendo-se a preservação de todas as estruturas responsáveis pela sensibilidade do mesmo. Em outras palavras, o clitóris sofre uma readequação do tamanho sem perder sua função principal: a manutenção do prazer feminino.

É importante ressaltar que a redução do clitóris idealmente deve ser realizada em conjunto com outros procedimentos para que haja uma harmonização plena da região íntima feminina. São estes procedimentos: a redução do prepúcio do clitóris, a redução dos pequenos lábios (ninfoplastia) e, em alguns casos, o preenchimento dos grandes lábios com ácido hialurônico.

O resultado final de uma redução de clitóris, ou clitoroplastia, é a recuperação da autoconfiança feminina com seus parceiros e também da autoestima, melhorando assim a intensidade das relações sexuais, a qualidade do orgasmo e, em última análise, melhorando a qualidade de vida.

O procedimento é delicado e deve ser realizado em ambiente hospitalar.

O Dr. Luiz Augusto Westin, especializado em urologia reconstrutora no Rio de Janeiro, é referência nacional em clitoroplastia.

Ninfoplastia

Os pequenos lábios são localizados na parte interna da genitália feminina, logo após os grandes lábios (que é a estrutura maior em volta da vagina), envolvendo todo o orifício vaginal. Porém, ele não é a única estrutura da vulva, que também é composta pelos grandes lábios, clitóris e prepúcio do clitóris.

Alterações como a hipertrofia (aumento) e/ou a assimetria dos pequenos lábios podem ocasionar dor durante a penetração além de constrangimento estético fazendo com que haja uma piora importante na qualidade das relações sexuais.

A labioplastia, também conhecida como ninfoplastia é um procedimento que tem por objetivo diminuir os pequenos lábios vaginais, tornando-os mais harmônicos.

Ninfoplastia

É importante ressaltar que a ninfoplastia idealmente deve ser realizada em conjunto com outros procedimentos para que haja uma harmonização plena da região íntima feminina. São estes procedimentos: a redução do prepúcio do clitóris, o preenchimento dos grandes lábios com ácido hialurônico e, em alguns casos, a redução do clitóris (clitoroplastia).

Agende uma consulta

Leia mais notícias
WhatsApp