Sinais da candidíase no homem

Sinais da candidíase no homem

A candidíase é uma das doenças infecciosas mais comuns da região genital e uma causa extremamente frequente de visitas aos consultórios de urologia. Recebe este nome porque é causada por um fungo chamado Candida sp.

Por se tratar de uma infecção que acomete a região genital, a candidíase frequentemente é confundida com uma doença sexualmente transmissível, porém é uma infecção muito mais relacionada à umidade e má higiene. Pacientes com diabetes têm um risco maior de desenvolver a doença.

Na região genital, esta infecção pode acometer a glande (cabeça do pênis), o prepúcio (pele que recobre o pênis), o escroto e as pregas inguinais (virilha).

Independentemente da região acometida, os sintomas são sempre os mesmos: vermelhidão, ardência, coceira, descamação, exsudação (produção de secreção esbranquiçada) e mau cheiro.

Candidíase no prepúcio

Tratamento da candidíase no homem

A maioria dos pacientes que chegam para uma primeira consulta relatam o uso de múltiplos cremes sem qualquer tipo de melhora. É também muito importante ressaltar que a maioria destes cremes contêm corticoides em sua fórmula e o uso contínuo deste composto pode agravar o quadro clínico.

Candidíase recorrente evoluindo com fimose

As bases do tratamento são os antifúngicos orais e higiene local adequada.

Pacientes com candidíase de repetição podem se beneficiar com uma circuncisão, pois muitas vezes há um excesso de prepúcio que dificulta a higiene adequada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *