Médicos juntos em uma foto | Qual a diferença entre nefrologista e urologista?

Qual a diferença entre nefrologista e urologista?

O nefrologista e o urologista são médicos especializados em tratar doenças ligadas aos rins. Ao sentir algum problema renal, você sabe qual dos profissionais deve procurar para fazer uma consulta?

Se você não sabe, os dois médicos realizam funções diferentes, e cada um tem as suas especialidades. Neste texto, é possível saber quais as características de cada um deles, e em quais momentos cada um deles deve ser consultado.

As diferenças entre urologista e nefrologista

O nefrologista é um especialista que fez residência em clínica médica e se especializou em nefrologia. Ele atende casos em que não há indicação cirúrgica para resolver doenças renais, mas necessitam de um acompanhamento mais aprofundado, bem como tratamento clínico com remédios específicos.

Por sua vez, o urologista é um médico que, após a residência, se especializou em urologia. Na prática, ele exerce a função de cirurgião urológico. Ou seja, doenças que atacam a região dos rins e bexiga tanto de homens quanto de mulheres, próstata, pênis e testículos e que necessitem de um procedimento cirúrgico devem ser atendidas por este médico.

Em que momento se consultar com um nefrologista?

É o nefrologista o médico responsável por tratar doenças específicas dos rins. Uma delas é a insuficiência renal, que pode ser causada por hipertensão arterial, diabetes, doenças císticas e outros problemas comprometedores dos rins.

Quem tem cálculo renal frequente, sem indicação de cirurgia, também pode se consultar com o nefrologista, bem como pessoas que estão com infecções urinárias de repetição.

Podem se consultar com um nefrologista pessoas que apresentem sintomas como edemas e inchaços, mudanças no volume da urina, espuma avermelhada na urina, cálculo renal ou infecções urinárias recorrentes e aumento nas taxas de creatinina, que é uma substância que mede a função renal no sangue.

Também é função do nefrologista acompanhar clinicamente os pacientes que necessitarem de transplante dos rins, ou que precisam ter um tratamento para câncer nos rins (não necessariamente um tratamento cirúrgico).

Quando o urologista pode ser procurado?

Normalmente o urologista costuma ser associado ao médico que cuida exclusivamente da saúde genital dos homens, em uma comparação com o ginecologista para as mulheres.

Porém, o urologista costuma ser especialista em todos os órgãos da região urinária. São inclusos os rins, ureteres, bexiga, uretra, próstata e órgão genital masculino.

É recomendável que os homens visitem o urologista pelo menos uma vez por ano, assim como é feita a consulta anual das mulheres com um ginecologista. E isso deve ser feito independente da faixa etária dos homens, a fim de prevenir problemas urológicos.

As grandes preocupações dos homens entre 15 e 35 anos estão relacionadas às doenças sexualmente transmissíveis e ao câncer nos testículos. Após os 40 anos, a atenção se volta para a prevenção do câncer de próstata e tratamentos contra disfunção erétil .

Além de atuar na prevenção e tratamento de doenças cirúrgicas, o urologista especializado em cirurgia reconstrutora genital, cada vez mais atende homens e mulheres com queixas de estética genital, tais como o pênis pequeno, pênis embutido, excesso de escroto, excesso de prepúcio, excesso de grandes e pequenos lábios, entre outros.

Mulheres também podem se consultar com um urologista

Se for necessário, as mulheres também podem se consultar com um urologista quando elas apresentarem problemas urológicos, como por exemplo, infecção ou incontinência urinária. Também existem os casos em que as pacientes precisam de um acompanhamento mais preciso, para verificar possíveis riscos de desenvolver câncer na bexiga.

Normalmente as mulheres se consultam com ginecologistas quando surgem sintomas destas doenças, mas, na verdade, é o urologista o especialista indicado para cuidar dos referidos problemas.

Urologistas e nefrologistas podem trabalhar juntos

É normal que o nefrologista e o urologista trabalhem em conjunto, a fim de garantir que os pacientes tenham um atendimento mais especializado.

É comum também que um profissional indique o outro quando houver necessidade. O urologista atende mais os casos em que necessitem de intervenção cirúrgica, enquanto o nefrologista atua mais quando o tratamento pode ser à base de medicamentos. Com isso, o paciente poderá ser melhor atendido, e assim terá como tratar melhor os seus problemas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *