Homem recebe diagnóstico de médico | Prótese de testículos

Prótese de testículos

Alguns homens podem nascer sem um ou dois testículos, ou necessitar removê-los durante a vida e, nesses casos, pode ser necessário recorrer ao implante de prótese testicular, não importando qual seja a situação. A prótese de testículos, ou implante testicular, pode ser colocada no escroto para reconstruir a aparência normal e devolver a confiança e a autoestima do paciente. A seguir, saiba mais sobre este recurso cirúrgico

Quem deve realizar o implante de testículos?

Como foi dito acima, homens que nascem sem testículo por alguma razão, ou perdem no decorrer da vida. Isto poderá ocorrer em casos de torção testicular, trauma genital, pós cirurgias para a correção da hérnia inguinal e até em casos de tratamento contra o câncer de testículos. Uma outra indicação, que vem ganhando muita força na atualidade, é o implante de prótese testicular com o intuito de aumento no volume do escroto.

Geralmente um único testículo é capaz de produzir quantidade suficiente de testosterona para um homem adulto, portanto, quando acontece a perda de apenas um testículo, é comum não haver necessidade de tratamento hormonal. Contudo, quando o problema acontece nos dois testículos, os implantes tratam apenas a parte estética do problema, sendo necessário que o paciente realize tratamento hormonal.

Vantagens e desvantagens do implante de prótese testicular

O implante de prótese testicular possui prós e contras que devem ser considerados. Citamos 3 vantagens e três desvantagens interessantes de serem observadas:

Vantagens

  • melhora da autoconfiança;
  • retorno da aparência normal da região genital;
  • implante relativamente simples e remoção, em caso de alguma complicação, bastante simples.

Desvantagens

  • a textura dos implantes são diferentes do testículo natural do homem;
  • pequena assimetria de volume entre o testículo natural e o implante;
  • pequena assimetria na altura entre o testículo natural e o implante.

As duas últimas “desvantagens” podem ser minimizadas com a expertise do cirurgião.

Como ocorre o procedimento cirúrgico?

Os homens que optam pela implantação observarão que se trata de um procedimento relativamente simples. O mais indicado é que o implante seja feito no momento em que o testículo natural passa pela remoção cirúrgica, pois a recuperação de duas cirurgias se dará em um só tempo, causando menos desconforto ao paciente.

Primeiramente, ainda no consultório, é escolhida uma prótese com um tamanho adequado, geralmente o mais próximo o possível do tamanho do testículo contralateral.
Caso o paciente opte, pode ser implantada uma prótese de volume maior e, neste caso, pode ser realizado também um procedimento para aumentar o volume do testículo natural.
Já com o paciente internado, é feita uma incisão na região peno-escrotal pela qual o implante é inserido e posicionado devidamente.

É utilizado um balão cirúrgico para criar o espaço para o implante definitivo de forma assertiva. A prótese é então posicionada e fixada no interior da bolsa testicular. Por último, a incisão é fechada com pontos. O procedimento completo dura cerca de 1h, e o paciente recebe alta hospitalar no mesmo dia da cirurgia.

A necessidade do implante de testículos é individualizada e realizada por um urologista especializado. Cada paciente deve e será analisado individualmente para buscar as melhores formas de tratamento para se obter êxito. Cuide-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *