Homem sorrindo | As principais dúvidas sobre a vasectomia

As principais dúvidas sobre a vasectomia

A vasectomia é um procedimento cirúrgico realizado por homens que não desejam mais ter filhos. É feito pelo urologista e dura cerca de trinta minutos. Durante a cirurgia, os canais que conduzem os espermatozoides dos testículos até o pênis são cortados. Assim, não são liberados os zigotos, e o óvulo não será fecundado.

Muitos homens ficam receosos de que o procedimento cause dor ou grande incômodo, resulte em impotência, atrapalhe a relação sexual ou algum outro fator, uma vez que se trata de uma região sensível. Para desmistificar essas e outras questões, algumas dúvidas serão esclarecidas:

Vasectomia diminui o prazer sexual?

A vasectomia é uma cirurgia que só corta os canais deferentes do escroto, mas não afeta a sensibilidade do pênis, uma vez que os nervos da ereção não são afetados e nem a produção de testosterona, que é o hormônio responsável por aumentar a libido.

A recuperação é dolorosa?

Como mencionado, a cirurgia da vasectomia é bem simples, mas o corte feito pode provocar inflamação, o que deixa o escroto mais sensível e provoca uma sensação dolorosa ao caminhar ou sentar, mas essa dor vai diminuindo com o decorrer do tempo. Após dois ou três dias da cirurgia, já é possível voltar a realizar quase todas atividades do dia a dia. O contato íntimo só deve ser realizado depois de uma semana, para que ocorra a cicatrização ideal.

O homem deixa de produzir esperma?

O esperma é constituído por espermatozoides e outros fluidos que são produzidos na próstata e na vesícula seminal. Esses fluidos ajudam os espermatozoides a se mover. A próstata e a vesícula seminal continuam funcionando e liberando seus fluidos normalmente, mas o esperma não contém espermatozoides, o que impede a gravidez.

A vasectomia tem efeito imediato?

Recomenda-se a utilização de outros métodos contraceptivos, como o preservativo, por até três meses após a cirurgia, pois ainda podem restar alguns espermatozoides dentro dos canais deferentes. Os efeitos da vasectomia são imediatos, mas são necessárias até vinte ejaculações para eliminar todos os espermatozoides que restam nos canais.

É uma cirurgia reversível?

A vasectomia pode ser revertida através da ligação dos canais deferentes, mas as chances de sucesso variam de acordo com tempo transcorrido desde a cirurgia. O tempo influencia porque, com o passar dos anos, o corpo deixa de produzir espermatozoides e começa a produzir anticorpos que eliminam os espermatozoides anteriormente produzidos. Dessa forma, caso passe um longo período após a realização do procedimento, a gravidez não será possível pois, mesmo que o corpo volte a produzir espermas, estes podem ser inférteis.

A vasectomia pode causar impotência?

Fisicamente a vasectomia não causa impotência, pois é uma cirurgia feita apenas no escroto, sem atingir o pênis. Entretanto, alguns homens podem sofrer com ansiedade ou estresse nas primeiras semanas, uma vez que a região íntima ainda se encontra sensível, e isso pode ocasionar episódios de dificuldade de ereção.

A cirurgia pode ser dolorosa?

Para efetuar o procedimento, é feita a aplicação de anestesia local para que não exista nenhum tipo de dor durante e após a realização do procedimento. Pacientes relatam sentir apenas uma pequena ardência no local e a sensação de que foi “mexido”, mas não é relatada dor diante da vasectomia. Além disto, o procedimento pode ser realizado com sedação. Desta forma quando o paciente acorda, o procedimento já foi realizado.

Existem possíveis complicações da vasectomia?

A porcentagem de casos em que ocorrem complicações é bem pequena, não chegando a 6% do total. As pequenas complicações que ocorrem geralmente são apenas inflamações, e são tratadas com anti-inflamatórios e com a aplicação de gelo.

Onde fazer vasectomia?

A vasectomia é realizada hospitais ou clínicas que tenham centro cirúrgico, porém, o período de internação é inferior a 24h. Caso deseje submeter-se à cirurgia, é necessário ter segurança da decisão mesmo que seja possível a reversão. Para isso, busque um urologista qualificado. O procedimento não irá durar mais do que quarenta minutos, e você poderá voltar à sua rotina normal em pouco tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *