Homem sorrindo | O que são as pápulas peroláceas penianas?

O que são as pápulas peroláceas penianas?

As pápulas peroláceas penianas, ou apenas glândulas de Tyson, são pequenas glândulas que se localizam geralmente na coroa da glande (cabeça do pênis) e têm o mesmo tom da pele. Consideradas pelos leigos erroneamente como doenças sexualmente transmissíveis, as pápulas ficam dispostas de maneira circunferencial em uma ou mais linhas.

Elas são consideradas variantes normais e não oferecem nenhum perigo, pois não são malignas. Além disso, não são contraídas por meio de relação sexual, porém os mecanismos que propiciam o seu desenvolvimento ainda são desconhecidos.

Com que frequência os homens são acometidos pelas pápulas peroláceas penianas?

A incidência de homens com peroláceas varia de 4% a 8%, e a maior frequência é em homens não circuncidados. Segundo pesquisas, homens negros teriam maior propensão a ter a doença do que homens brancos.

Vale ressaltar que as peroláceas costumam acontecer entre a segunda e a terceira década de vida, e tendem a diminuir ao longo dos anos.

Como diagnosticar?

Geralmente as pápulas peroláceas penianas são perceptíveis, mas quando houver qualquer dúvida sobre o diagnóstico, exames como peniscopia e genitoscopia podem ser realizados.

Tratamento das pápulas peroláceas penianas

O tratamento para o problema consiste em cauterização a laser. É um procedimento simples e rápido, que pode ser realizado em consultório, com o uso de anestésicos locais. Caso note alguma anormalidade, procure um especialista em urologia reconstrutora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *