Símbolo Novembro Azul

Novembro Azul e a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

Todo mês de outubro é marcado pela campanha de conscientização para a prevenção do câncer de mama, mas agora é a vez dos homens! O Novembro Azul é uma campanha mundialmente reconhecida e que visa mobilizar a sociedade, principalmente os homens, a se conscientizarem sobre a importância da detecção precoce do câncer de próstata. O mês foi escolhido pois todo dia 17 de novembro é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.

Esse tumor é o sexto tipo mais comum no mundo e o que mais acomete os homens. Uma curiosidade interessante é que os países desenvolvidos apresentam taxas de manifestação da doença seis vezes maiores do que os outros, menos desenvolvidos.

A última estimativa é que 62% dos casos ocorrem em pacientes acima de 65 anos de idade. No Brasil, o câncer de próstata ocupa a quarta posição no ranking de cânceres que mais matam, correspondendo a cerca de 6% do total de óbitos motivados por algum tumor. Vale ressaltar que o diagnóstico precoce reduz drasticamente os riscos de mortalidade.

Mais sobre o câncer de próstata e métodos de prevenção

A próstata localiza-se na parte baixa do abdômen, logo abaixo da bexiga e à frente do reto, e trata-se de uma glândula que apenas os homens possuem. Ela cerca a porção inicial da uretra e é a responsável por produzir aproximadamente 20% do sêmen, representando assim um papel de extrema importância para a fertilidade masculina.

Muito se fala sobre medidas que ajudem a diminuir o risco do câncer, já que não é possível garantir a prevenção propriamente dita. Recomenda-se que os homens mantenham uma vida saudável, com uma dieta que privilegie verduras, legumes, frutas, grãos e cereais integrais, e com o mínimo de gordura possível; pelo menos 30 minutos diárias de exercícios físicos, visando a manutenção do peso adequado de acordo com a altura; diminuição do consumo de álcool; e abandono do tabagismo.

A partir dos 45 anos, é fundamental que os homens procurem um urologista e realizem exames de rotina, como o que mede o nível de PSA e o exame de toque retal. Infelizmente, como a maioria dos tumores, o câncer de próstata não costuma apresentar sintomas nas primeiras fases da doença. Por ser uma doença com componente genético importante, é fundamental informar ao seu médico caso haja histórico familiar da doença.

Exames indicados para a detecção do tumor

O mais eficaz e, por isso, mais utilizado pelos médicos é o exame de toque retal. Ele, aliado ao exame de sangue PSA (antígeno prostático específico, tradução livre da sigla), são grandes aliados do diagnóstico certeiro. A confirmação do tumor fica por conta da biópsia da glândula, que analisa parte do seu tecido.

Muitos homens ainda têm um preconceito muito grande em relação ao exame de toque, mas muitos especialistas o consideram indispensável, ou seja, não deve ser substituído por nenhum dos outros testes citados.

Opções de tratamento do câncer de próstata

Depois do diagnóstico, existem três opções de tratamento: radioterapia, cirurgia de retirada total da próstata e tratamento hormonal. Para os casos de metástase (quando o tumor se espalha para outras partes do corpo), a melhor opção é a terapia hormonal.

A escolha deve ser feita levando em consideração os riscos e benefícios de cada método, além de estar de acordo com o estágio da doença.

O câncer de próstata é completamente curável caso seja descoberto logo no início. Por isso, aproveite o Novembro Azul para começar a cuidar da sua saúde, e a melhor forma de fazê-lo é prevenindo-se.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *