Há relação entre a estenose de uretra e as cirurgias prostáticas?

Há relação entre a estenose de uretra e as cirurgias prostáticas?

As cirurgias prostáticas, sejam elas para o tratamento de doenças benignas, como a hiperplasia prostática benigna (HPB), ou do câncer de próstata, são uma realidade crescente no mundo atual.

A HPB acomete 100% dos homens. Se inicia após os 40 anos e pode causar sintomas como jato urinário fino, esforço miccional, sensação de esvaziamento vesical incompleto, polaciúria (vontade de urinar muitas vezes ao longo do dia) e nictúria (acordar para urinar muitas vezes).

Já o câncer de próstata, que é o câncer mais comum entre os homens se comporta de maneira insidiosa, só causando sintomas quando já está em uma fase mais avançada.

Ambos os problemas, com frequência, requerem procedimentos cirúrgicos para o tratamento definitivo. Como a uretra é uma estrutura tubular que comunica a bexiga com o meio externo passando através da próstata, qualquer cirurgia prostática leva a um aumento no risco de estenose de uretra.

Cirurgias prostáticas que podem causar estenose de uretra

Cirurgias como a raspagem da próstata, conhecida como RTU de próstata ou cirurgia da próstata a laser, por serem realizadas através da uretra com a utilização de endoscópios específicos, podem causar estenose em qualquer ponto do órgão.

Em cirurgias como a prostatectomia radical (mais indicada para o tratamento do câncer de próstata), o estreitamento ocorre mais comumente na anastomose (costura) entre a uretra e a bexiga, realizada após a retirada da próstata.

Além disto, todas as cirurgias prostáticas demandam o uso de sondas vesicais no pós-operatório. A utilização destas sondas por si só já aumenta o risco de estenose de uretra.

Sintomas e tratamento do estreitamento da uretra

Os sintomas da estenose de uretra são: esforço miccional, jato urinário fino, dor ou ardência ao urinar, podendo ocorrer até mesmo retenção urinária completa.

O tratamento baseia-se na desobstrução da uretra, que pode ser feita por via endoscópica (uretrotomia interna) ou por uma uretroplastia, cirurgia que traz os melhores resultados em longo prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *