Câncer de próstata: toque neste assunto

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens brasileiros e, no geral, o quarto mais comum. Confira no infográfico abaixo a importância de tocar neste assunto e de prevenir essa doença grave, mas que possui tratamento.

 

Infográfico | Câncer de próstata: toque neste assunto

 

Leia o conteúdo do infográfico transcrito

Caracterizado por uma transformação celular na próstata, o tumor pode se espalhar por todo o órgão e até fora dele. Normalmente, a maioria dos casos de câncer de próstata ocorrem nas glândulas que produzem o sêmen.

Em quase 80% dos casos, o tumor se desenvolve de forma lenta, e como é indolor o paciente costuma sofrer com a imunidade baixa e acaba contraindo outras doenças, podendo vir a falecer por outros problemas, não pelo câncer de próstata em si.

Em outros casos – com um número bastante menor, mas ainda preocupante – o câncer se desenvolve de maneira muito rápida e pode levar o paciente a óbito caso não receba o tratamento necessário a tempo.

Causas do câncer de próstata

Os estudos sobre as causas do câncer de próstata ainda são muito vagos, mas há alguns fatores de risco que contribuem muito para a aparição e evolução da doença, tais como a genética, a idade, e até se o paciente possui alguma DST. Veja mais detalhes a seguir:

Genética

O aparecimento do câncer de próstata em homens que têm histórico familiar da doença em parentes de segundo grau ou até no pai ou avô, é mais comum. A probabilidade aumenta ainda mais quando o câncer ocorreu antes dos 55 anos, pois, nesses casos, é indicado que os indivíduos dessa família comecem a realizar o exame preventivo anual a partir dos 40 anos.

Idade

Os estudos dizem que quanto mais velho o homem, maior o risco de o câncer de próstata aparecer. Tanto que os números indicam que ¾ dos casos ocorrem a partir dos 65 anos, sendo incomum em homens com menos de 45 anos. Por isso o exame deve ser realizado uma vez por ano, a partir dos 50 anos.

Doenças sexualmente transmissíveis (DST)

Homens que já contraíram algum tipo de DST têm mais probabilidade de desenvolver o câncer de próstata.

Maus hábitos podem servir como causadores da doença

A falta de cuidado com a alimentação, como o alto consumo de carne vermelha ou a falta de consumo de vegetais e frutas, também pode contribuir como fator causador da doença ou para a sua evolução. Assim como os maus hábitos alimentares também podem levar à obesidade, que é outro fator de risco para o câncer de próstata.

As chances aumentam ainda mais em casos de alcoolismo e sedentarismo, pois a falta de exercícios faz com que o corpo fique mais frágil, prejudicando a imunidade e deixando o indivíduo mais suscetível a doenças.

Tipo de câncer de próstata

O tipo mais comum é o adenocarcinoma, mas existem outros quatro tipos que, apesar de menos comuns, precisam ser conhecidos.

  • Tumores neuroendócrinos;
  • Sarcoma;
  • Carcinoma de células pequenas;
  • Carcinoma de células transicionais.

Sintomas do câncer de próstata

Normalmente essa doença não apresenta sintomas e, quando ocorrem, são distintos e alguns deles até podem se confundir com os de outras doenças. Por isso, mesmo antes do período indicado para começar a realizar o exame preventivo de próstata, é importante fazer exames de rotina com frequência, para evitar e identificar quaisquer problemas.

Os sintomas mais comuns podem ser relacionados a urinar com mais frequência, principalmente durante a noite. Também são sinais de alerta qualquer dificuldade ou dor ao urinar e/ou até mesmo a presença de sangue na urina. Ao observar esses sintomas, é imprescindível procurar um urologista para investigar as causas.

A importância da prevenção do câncer de próstata

Todos sabem o quão grave são todos os tipos de câncer e a prevenção é muito importante para que o tratamento seja bem-sucedido. Com o câncer de próstata não é diferente: a consulta com o urologista é necessária, pois ela indica o melhor momento para iniciar o exame preventivo e garantir a saúde do paciente.

Pesquisas apontam que 50% dos homens nunca foram ao urologista e esse número precisa mudar, pois, se descoberto precocemente, o câncer de próstata têm até 90% de chances de cura, e o homem pode voltar a viver uma vida normal, cuidando melhor de sua saúde.

Conhecer seu próprio corpo é importante e homem de verdade se preocupa com a saúde. Não deixe que o preconceito te prejudique, consulte um urologista .